[ Histórias inspiradoras: Sara ]

Eu sou agricultora, mas, hoje, a minha profissão é monitora de dança e mediadora da Vaga Lume. Meu nome é Sara da Costa Santos, nasci em 4 de janeiro de 1990, em Tefé (AM). Lá, morei até os 13 anos, aí vim para o interior com meus pais. Cheguei na comunidade Cairara em 2006.

 

Na época, imaginava que o meu futuro era estudar e sair da comunidade pra fazer uma faculdade. Quando eu terminei a oitava série, não existia ainda o primeiro ano aqui. Então eu casei, tive meus filhos e não saí pra nenhum canto. Foi quando eu conheci a Biblioteca Comunitária Estrela da Manhã. Acho muito importante ter a biblioteca comunitária, porque a criança que não tem oportunidade de ver livros, não tem imaginação.

 

 

Já teve um curso de mediação de leitura aqui em Cairara, que reuniu várias pessoas. Nesse dia, contamos histórias daqui e depois a gente escreveu a lenda do boto tucuxi no livro artesanal. Fizemos essa criação, interagimos, fizemos teatro, tudo pra mostrar o que acontecia quando o boto chegava… Foi muito legal!

A história do boto é assim: logo cedo, as meninas não podiam estar na tábua lavando roupa ou tomando banho porque o boto vinha pra encantar. Ou à noite, ele andava pela rua, vestido de homem, rapaz bonito, pra encantar as moças. Quando ele encantava, sumia com elas! É isso que acontecia! Eu nunca vi o boto encantador, mas nesse dia meu marido interpretou um no teatro e, por acaso, quem era a moça que ele encantou? Eu!

Quando eu pego um livro pra ler, eu me imagino naquele lugar. Cada história, cada leitura leva a gente a um lugar, isso acontece comigo. Gosto muito de ver figuras novas, de ler um livro novo. Quando eu leio, sonho com a história. Quando ela acontece num lugar, num país diferente, num estado, aí isso acontece comigo, sonho que estou lá! Eu gosto de ler!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cairara é uma comunidade localizada no Lago do Caiambé, a quatro horas de rabeta de Tefé (AM). Tem aproximadamente 47 famílias, o equivalente a 208 moradores. Desde 2008, a Biblioteca Comunitária Estrela da Manhã recebeu mais de 350 livros, enviados pela Vaga Lume.

 

 

.

 

Compartilhe:
Share |

Cadastre-se abaixo para receber o Boletim da Vaga Lume!

Nome:

Email:

Rua Aspicuelta, 678, Vila Madalena - CEP 05433-011 - São Paulo - SP

Tel.(11) 3032.6032 Google Maps

Site: Communitas + Web e Ponto      Hospedagem: locaweb